ANTÍGONA na livraria

Na Livraria...
 

...da ANTÍGONA | EDITORES REFRACTÁRIOS,
entre outras publicações de 2018, chegaram...

Técnica e Civilização (1934)
é uma história da máquina e dos seus efeitos no mundo ocidental. Obra monumental e profética que acompanha a evolução da tecnologia

TRADUÇÃO Fernanda Barão e Isabel Fernandes
PREFÁCIO E ORGANIZAÇÃO Jorge Custódio
ILUSTRAÇÃO DE CAPA Miguel Carneiro
1.ª EDIÇÃO  2018
 PÁGINAS 544
Da Miséria no Meio Estudantil (1966)
é um dos textos situacionistas mais célebres, a par d’A Sociedade do Espectáculo, de Guy Debord, e da Arte de Viver para a Geração Nova, de Raoul Vaneigem.

TRADUÇÃO, PREFÁCIO E SELECÇÃO DE TEXTOS
Júlio Henriques
CAPA Ricardo Castro
1.ª EDIÇÃO 2018
PÁGINAS 128
Portugal: A Revolução Impossível?
Uma revolução impossível? Sim, dirão alguns. Impossível porque não pode existir nenhuma ilha de comunismo libertário num mar de consciência capitalista.

TRADUÇÃO Luís Leitão
POSFÁCIO Maurice Brinton
ILUSTRAÇÃO DA CAPA
João Alves
1.ª EDIÇÃO 2018
PÁGINAS 400 
Karl Marx  de  KARL KORSCH
Publicada em 1938 e reelaborada no final dos anos 50, a presente obra é uma análise sistemática dos grandes temas do pensamento marxiano, por uma das figuras cimeiras do marxismo ocidental.
TRADUÇÃO Gilda Lopes EncarnaçãoINTRODUÇÃO Michael BuckmillerILUSTRAÇÃO DE CAPA 
Luís Henriques
1.ª EDIÇÃO 2018
PÁGINAS 368

14 a 17 de Junho | CineWest | GuillermoDeisler | JuditeFernandes | JesúsSepúlveda

Nas quintas de Junho, Gato Vadio apresenta... 
CineWest,
sempre pelas 21:30h, sempre com entrada livre!
 Quinta 14 de Junho, 21:30h  

Johnny Guitar 
(1954) 
1h 50min
Director: Nicholas Ray

Um antigo e brilhante pistoleiro que agora carrega uma guitarra em vez do revolver e trocou o seu verdadeiro sobrenome por Guitar, parte solitário para as montanhas. Uma explosão provocada pelos trabalhadores dos caminhos-de-ferro interrompe o seu caminho...

 Sexta 15 de Junho, 21:30h  
Inauguração de nova expo (patente de 15 de Junho a 15 de Julho)

No aniversário do artista chileno Guillermo Deisler
vestimos a parede vermelha da livraria com algumas das suas xilografias

 Sábado 16 de Junho, 18:00h 
Oficina de ESCRITA INTERSECCIONAL
por Judite Canha Fernandes
ainda inserido no Festival Feminista do Porto 

 Sábado 16 de Junho, 22:00h 
Apresentação de Curtíssimas
(contos à medida dos tempos, bons para ler à hora do almoço ou a tomar um café em pé)
de e por Judite Canha Fernandes
(prémio nacional de conto pela editora Kazuá, no Brasil)

 Domingo 17 de Junho, 18:00h 
Apresentação de
O Jardim das Peculiaridades 
de Jesús Sepúlveda, ed. subterrâneas

Alberto Pimenta na Livraria

Na Livraria...
 

... os frescos mais frescos:

PENSAR DEPOIS NO CAMINHO

ALBERTO PIMENTA


1ª edição, Maio de 2018

212 páginas

Tiragem: 750 exemplares
Edições do Saguão
O BON-ODORI EM TORUSHIMA
Caderno de Impressões Íntimas
Wenceslau de Moraes

Maio 2018
Paginação e Design: Rita LH
Ilustração de Capa: Takahashi Hiroaki (Shōtei)

Tiragem: 1000 Exemplares
Livros de Bordo

07 a 10 de Junho | CineWest | JoãoUrbano | VírgilioMelo | SaguãoBordo

Nas quintas de Junho, Gato Vadio apresenta... 
CineWest,
sempre pelas 21:30h, sempre com entrada livre!
 Quinta 07 de Junho, 21:30h 
A Fúria das Armas 
(1953) 
Gun Fury  1h 23min
Director: Raoul Walsh

Um veterano da Guerra Civil, cansado de ver sangue derramado, ruma a Oeste com a sua noiva para reconstruir a sua vida.
Porém, o seu comportamento pacifico é posto à prova quando um fora-da-lei e o seu gang raptam a sua futura esposa.... 

 Sexta 08 de Junho, 21:30h  
Apresentação por Jorge Leandro Rosa

O Caso Salvaterra
de João Urbano, Compª das Ilhas

O novo romance de João Urbano renegou as metafísicas da literatura mas foi cosido com os farrapos de todas, sejam elas a autoria, o estilo, a arte ou mesmo o amor. É o único outlet do prestígio, do bem e do belo. Não tem paragem de autocarro à porta. - (Jorge Leandro Rosa)
 

Excerto do livro:
Volto à exposição, ao meu amigo que me espera. Só que aquele mundo, o mundo por onde transita o meu amigo, o mundo da arte, não me interessa para nada e se algum dia me repugnou deixou de me repugnar. Apenas o frequento porque me atrai o aspecto mortuário da arte. Brinco. Ainda o frequento porque existe o Salvaterra e o sigo mesmo ao longe. Salvaterra ainda me faz reparar na arte. Que existem artistas e coisas de artistas. De outro modo não dedicaria um minuto do meu tempo a tal assunto. O capítulo arte, no fundo, encerrou- se para mim. Não deixa de ser um acto perverso visitar ainda certas exposições de arte quando tudo aquilo está morto, para sempre morto.

 Sábado 09 de Junho, 17:00h  
Virgílio Melo regressa cedo para nos apresentar
Johannes Brahms nas suas audições comentadas

 Domingo 10 de Junho, 17:00 - 20:00h 

Assembleia Geral para aprovação
do Relatório de Actividades e Contas de 2017

exclusivo a sócios

A BATALHA 279

Na Livraria...
 

A BATALHA - Nº 279 - Março-Abril

A BATALHA - Nº 279  

Revistas anarquistas online, por R.
Recensões de A Ideia nº 81-83 e Erva Rebelde nº 2, por António Margalha
Encontro de Imprensa Libertária e O GRANDE CONTRA-CONCURSO DE ILUSTRAÇÃO DE VILÕES DE A BATALHA, por P. M.
Maio de 68: 50 anos depois, por Mário Rui Pinto
Killing & Dana em Lisboa (episódio 55)
O homem que não mordeu, por Agente Sabe e com ilustração de André Pereira
A um tio rico, por António Gonçalves Correia (org. por Francisca Bicho)
Criar um movimento contra o autoritarismo que vem: relato da luta dos estudantes franceses contra a política liberal e as agressões fascistas, por Pimprenelle
Suplemento Literário e Ilustrado de A Batalha (1923-1927), por António Baião e com ilustração de José Smith Vargas
O olhar antagónico da Besta, Rui Eduardo Paes entrevista A Besta
Poemas de João Mendes de Sousa, Francisco Cardo e Paulo Jorge Brito e Abreu
E se a bomba tivesse explodido?, por Colectivo da Estrela Decadente (António Caramelo, Gonçalo Duarte, Oriano, SAR, Simão Simões, Xavier Almeida)
"Matar o Salazar", por José Tavares com ilustração de Oriano
Um bombista, por Beldiabo
Sobre o Rock in Riot, por Oriano
Centro Anarquista Português de Artes Modestas, por Marcos Farrajota