---


Associação Cultural e Espaço de Intervenção Social
Saco de Gatos vai encerrar no dia 31 de Março de 2019 porque:

  • 1° A senhoria, ao fim de 12 anos, comunicou por carta que não quer renovar o contrato de arrendamento (posteriores contactos foram em termos incomportáveis);
  • 2° A Associação entende que não faz sentido existir noutro espaço e que o fim deste (Gato Vadio) será o fim da mesma;
  • 3° A Câmara Municipal não tem uma política séria e activa de protecção dos habitantes, das associações e de outros actores da cidade que querem viver no centro - entre os turistas.

21 a 24 de Fevereiro | CriançasCiganas| FilmesEmFormaDeGato | CenasLuisCosta | PalavrasMAPA#22 | MulheresCanábicas

 De 01 a 28 de Fevereiro 
Exposição de Celestino Monteiro,
com fotografias a preto e branco...e os demais cinzentos.

 Crianças Ciganas 
 Sentir sem interferir sobre uma outra realidade 

Nas quintas de Fevereiro, Chien de Satie propõe quatro filmes em forma de Gato,
sempre pelas 21:30h, sempre com entrada livre.
 
 Quinta 21 de Fevereiro, 21:30h  

Vão-me Buscar Alecrim (2009)
Benny Safdie & Josh Safdie | 1h 40min


Lenny, trinta a poucos anos, cabelo grisalho, divorciado, vive sozinho em Nova Iorque e durante duas semanas tem a custódia dos filhos, de 9 e 7 anos. Lenny hesita entre ser pai e ser amigo dos seus filhos, gostaria que as duas semanas durassem seis meses, mas não consegue lidar com a responsabilidade de ter miúdos pequenos e acaba por negligenciá-los...

 Sexta 22 de Fevereiro, 21:30h 
Luis Costa apresenta
O Palhaço Amoroso, 25 min.
Performance do Palhaço Amoroso,
artista de Salvador da Bahia, na sua própria casa, Brasil 2007.

Roda de Domingo, doc. 14 min.
 Uma roda de capoeira tradicional, com as crianças
do subúrbio de Boiadeiro, Salvador, Brasil 2007.
+ uma surpresa à moda do Porto...

produções CineCuéCué no Gato Vadio,
filmes autênticos num lugar autêntico!! 

 Sábado 23 de Fevereiro, 18:00h 
Palavras à volta do Mapa #22
(encontro de leitoras e leitores do Jornal Mapa)
Mais um número do Jornal MAPA nas ruas, no caso o #22, correspondente a mais de 7 anos de existência, resistência e persistência. Altura como qualquer outra para nos sentarmos a olhar para este número, compreender os caminhos que o mundo (do mais longínquo ao mais perto) está a tomar e discuti-los, sem esquecer de meter na equação a relevância (ou a falta dela) do Jornal Mapa para a compreensão desses caminhos e do novo mundo que forjam.
Por outras palavras, no dia 23 de Fevereiro, a partir das 18h, o Gato Vadio abre as portas para que leitores e leitoras do Jornal Mapa possam aparecer para discutir temas relacionados com a edição #22 (saída em Janeiro) e, acima de tudo, para analisarem forças e fraquezas deste projecto, assim como possibilidades de participação.

 Domingo 24 de Fevereiro, 18:30h 
Novo encontro entre mulheres canábicas
Espaço de debate e partilha de experiências, dúvidas e opiniões entre mulheres activistas, consumidoras, cultivadoras e interessadas na planta canábis.

14 a 17 de Fevereiro | CriançasCiganas| FilmesEmFormaDeGato | . | BenefitEAL2019 | VJMutante

De 01 a 28 de Fevereiro 
Exposição de Celestino Monteiro,
com fotografias a preto e branco...e os demais cinzentos.

 Crianças Ciganas 
 Sentir sem interferir sobre uma outra realidade 

Nas quintas de Fevereiro, Chien de Satie propõe quatro filmes em forma de Gato,
sempre pelas 21:30h, sempre com entrada livre.
 
 Quinta 14 de Fevereiro, 21:30h  

Swimming Pool (2003) 
François Ozon | 1h 42min

Sarah Morton, escritora inglesa de best-sellers policiais, desloca-se até à casa de férias do seu editor, em Provença, com a intenção de trabalhar e descansar. Mas a súbita chegada de Julie, a filha francesa do editor, fazem com que o trabalho e o descanso fiquem fora de questão. 

 Sábado 16 de Fevereiro, 17:30h 
Gato Vadio co-organiza com EAL e Barricada de Livros
sessão de divulgação / angariação de fundos do EAL 2019
apresentação do quarto título da Barricada de Livros
 Escritos a vermelho de Voltairine de Cleyre

Voltairine de Cleyre (Leslie, 1866 – Chicago, 1912) foi uma das mais activas e influentes figuras do conjunto de mulheres e homens, autóctones ou emigrantes, que corporizaram o movimento anarquista norte-americano da sua época. Mulher, Feminista, Anarquista, Voltairine introduziu uma perspectiva anarquista no feminismo da época, incorporando-lhe uma carga de radicalidade e de modernidade que este não possuía e, simultaneamente, deu uma perspectiva feminista ao anarquismo, num tempo em que a acção e a importância da mulher activista eram apagadas ou desconsideradas, como infelizmente ainda acontece, mesmo entre libertários. (...)  A presente antologia de inéditos em língua portuguesa proporciona ao potencial leitor a oportunidade de (re)conhecer a essência da sua obra, através de um conjunto de textos — ensaios, poemas e um conto — escritos entre 1890 e 1912, que incidem sobre diversos temas e reflectem, no fundo, as suas preocupações como mulher e activista. Lê-la é dar dignidade a uma vida passada em plena revolta contra o capitalismo, o Estado, o consumismo e a autoridade.
actuação de O Riso da Acauã - Projecto de Poesia e Bateria
Irradiando o seu riso na incomensurabilidade dos versos que se vão unindo em universos, a Acauã rasga os limítrofes dos horizontes num voo a dois, agourando em melodias as secas, os vendavais, os dilúvios das vontades consequentes dos tempos que cavalgam e, ao atravessar desertos, em êxtases profanos, arranca uma e outra e, se possível outra ainda, língua bífida dos poderes carrancudos que rastejam fervorosos para a silenciar. Voando para o combate, a Acauã ribomba ruidosas risadas, que perfuram até os olhares mais longínquos, atravessando a fronteira da casca alienante e contrabandeando a pergunta: e agora?
Jantar vegetariano
(...)

 Domingo 17 de Fevereiro, 18:30h 
VJMutante apresenta selecção de
Video Clips e Curtas de Animação

07 a 10 de Fevereiro | CriançasCiganas| FilmesEmFormaDeGato | . | VirgílioMelo | . | A BATALHA 282 |

A nossa Livraria  

 ainda recheada com livros de boas,
pequenas e grandes  editoras: 


 7nós &etc afrontamento alambique alikornio ediciones alma azul 
 antígona antipáticas apuro atelier de composição averno 
 barca do inferno barricada de livros bicicleta boca 
 cambalache chão da feira chili com carne  companhia das ilhas
 dafne deriva dois dias edições douda correria edições mortas 
 europress exclamação fenda flan frenesi helastre
 ígneos ignota in a poem nada não edições letra livre 
 livros de bordo lógos montag momo orfeu negro 
 pé de mosca pianola sempre-em-pé sistema solar
 subterrâneas texto sentido tigre de papel unipop 




 NOVO/VELHO HORÁRIO 

quinta a domingo - 17:00 - 24:00h

 De 01 a 28 de Fevereiro 
Exposição de Celestino Monteiro,
com fotografias a preto e branco...e os demais cinzentos.

 Crianças Ciganas 
 Sentir sem interferir sobre uma outra realidade 

Nas quintas de Fevereiro, Chien de Satie propõe quatro filmes em forma de Gato,
sempre pelas 21:30h, sempre com entrada livre.
 
 Quinta 07 de Fevereiro, 21:30h  
 
Jogo de Lágrimas (1992)

 Neil Jordan | 1h 52min 

Uma amizade pouco provável nasce entre Fergus, um voluntário do IRA, e um soldado britânico raptado, Jodi,  que foi atraído pela implacável Jude a uma armadilha montada pelo IRA. Mas quando o plano acaba de um modo terrível e inesperado, Fergus foge para Londres....

 Sábado 09 de Fevereiro, 17:00h 
Audições comentadas por Virgílio Melo
 O Modernismo: a "atonalidade"

A BATALHA
  Jornal de Expressão Anarquista
nº 282 Nov/Dez 2018 já chegou à nossa banca

Capa de Dois Vês

A abrir
Quem guarda as chaves da cidade?
Ajudar o Centro de Cultura Libertária!
O Espace Noir está em perigo!
Julgamento dos 14 do 15M
Novos Colectivos e Grupos de Estudo Libertários

Mixing & Jana [episódio nº 66]

A rasgar: A divina marquesa
[Russo / Ilustração de João Carola]

A Legião Vermelha e a Acção Directa Sindicalista, parte 2
[M. Ricardo de Sousa]

A Lanterna, um jornal anarquista da Ilha Terceira
[Téofilo Braga]

Confusão e coletes amarelos
[Pimprenelle]

Fardo tropical
[Leonardo Brito & Alexandre Samis / Ilustração de André Pereira]

Soltem os justiceiros
[Bakunino, o Felino / Ilustração de André Pereira]

O fascismo com pezinhos de lã e machados
[J. Miguel]

Quantas vidas tem um Gato Vadio?
[Conversa com César Figueiredo]

Um pedaço do céu
[Nuno Martins]

Retratos à la minuta. Georges Braque, Homage to J. S. Bach
[Emanuel Cameira]

Para o Rui Martiniano (1954-2018)
[Emanuel Cameira]

Poesia de Francisco Cardo e Fernando Grade

De Cancer: Poems after Katerina Gogou
[Sean Bonney / Ilustração de João Silvestre]

A prisão do estilo (e um plano de fuga)
[Tommi Musturi]

À lupa
[recensões a Crucial Change, Artifical Behaviour #1-2, BD PZL, El taco psicotrópico, Enciclopedia del Anarquismo Ibérico, Escritor Fracassado e outros contos, Gourbeyre Tòbiòtò Quimboiseurs (On Lewoz Pou Mala), Dragon du Poitou, Handbook of Tyranny, Idée, Le Livre errant, Machines for Don Quixote et Viva la muerte, Memphis Conrète Presents on Triangles: Sound in Geometry Series Vol. 1, Não penses nisso, Now #1-4, O dia do gafanhoto, Ordinária #3, Parzan et autres savuers, Pequeno Guia de Incríveis Artistas Mulheres: que foram consideradas menos importantes que os seus maridos, Rey Carbón, Sabrina, Todo por Hacer #93-95, Tongues #1, Tres cosas deve olvidar el anarquista, Vacaciones en Polonia #8]

Contrafacção
[Walt Thisney]

Centro Anarquista Português de Artes Modestas
[Marcos Farrajota]