Mensagens

Quantas vidas tem um Gato?

Os menos distraídos podem ter reparado que depois de tanto escarcéu afinal o Gato Vadio não bateu com a porta. Longas reuniões e assembleias, com direito a algumas bufadelas e arranhadelas, a gataria não descansou.... Afinal existiam pessoas associadas inconformadas com as notícias do fecho que se uniram pela vontade de manter o Gato. Vai-se a ver e o incumprimento dos prazos legais de aviso de não-renovação do contrato permitiu ficar tal e qual.... e há a esperança que se mantenha até dezembro de 2019.

A solução?
Não é mais do que o processo já em curso: 12 vadios, novos e velhos, chegaram-se à frente para garantir a maioria das tarefas e turnos necessários à abertura do Gato nos próximos meses. Velha guarda e sangue novo – uns mais cépticos, outros mesmo cáusticos – a experimentar outras formas de cuidar da associação mantendo a sua natureza vadia.

Vão ter de nos continuar a aturar por cá! E depois logo se vê.

O Gato Vadio está vivinho da silva e recomenda-se – já perdemos a conta às vidas que passaram.
Por isso aparece, maldiz, propõe, ronrona, associa-te.... faz-te Vadio! - Saco de Gatos
...

22 a 25 de Agosto | ImpressõesDeTeatro | LuchinoVisconti | . | . | . | JornalMapa24 |

Em Agosto, Gato Vadio expõe nas suas paredes vermelhas 
“IMPRESSÕES DE TEATRO”
Crítica Teatral de Fernando Lopes Graça
FERNANDO LOPES GRAÇA (TOMAR, 1906 – PAREDE, 1994), O MAIS reconhecido compositor português de todo o século XX, não se contraiu meramente no ofício da criação musical. Profícuo divulgador da “arte da musa” na suas distintas vertentes, foi igualmente um homem de toda a cultura, desvelando-se por várias funções pelas quais melhor se pudesse expressar. São hoje reputados os textos de divulgação musical que amiúde publicava em vários órgãos da imprensa, as suas traduções de obras literárias de autores máximos, como Jean-Jacques Rousseau ou Thomas Mann, ou ainda as paradigmáticas responsabilidades na criação e programação, nos inícios dos anos 40, da Sociedade de Concertos “Sonata”, que permitiu dar a conhecer, em Portugal, a música dos compositores da primeira metade do século XX. De igual relevância, mas menos conhecida do público em geral, foi a actividade de comentador de…

15 a 18 de Agosto | ImpressõesDeTeatro | LuchinoVisconti |

08 a 11 de Agosto | ImpressõesDeTeatro | LuchinoVisconti | Jornal Mapa |

01 a 04 de Agosto | LuchinoVisconti | ImpressõesDeTeatro | . | . | . | ABatalha284-285