31 Ago. a 2 de Set. / Balkan movies weekend


Sexta, 31 de Agosto, 22:00 h

Filme: "Silent sonata / Circus Fantasticus"  

Janez Burger (Slovenia&Ireland/2010)





Sábado, 1 de Setembro, 22:00 h
 

Filme: "A Familia Maratona / "Maratonci trce Pocasni Krug" 

Slovodan Sijan (SFR Yugoslavia/1982)



 



Domingo, 2 de Setembro, 20:00 h
 
Filme: "Terra de ninguem /  "No Man´s Land" " 
 
Danis Tanovic (Bósnia Herzegovina, França, Eslovenia, Itália, Reino Unido,Bélgica/2001)

 

 


24 a 26 de Agosto / 3 FILMES DA AMÉRICA LATINA: Alain Fresnot + Claudia Llosa+ José Luís Torres Leiva


Sexta, 24 de Agosto, 22:00 h

Filme: "Desmundo"  

Alain Fresnot (Brasil/2003)

Filme brasileiro dirigido por Alain Fresnot, adaptado do livro homônimo de Ana
Miranda, Desmundo é ambientado em 1570, época em que os portugueses enviavam
órfãs que viviam em conventos para o Brasil para se casarem com os colonizadores,
na tentativa de realizar casamentos cristãos e evitar o nascimento de crianças com as
índias. Conta a história de Oribela, órfã que é enviada para o Brasil, e que é obrigada a
casar-se com Francisco de Albuquerque. Ela, contudo, tenta fugir e voltar para Portugal
com a ajuda de Ximeno, um comerciante vendedor de escravos.




Sábado, 25 de Agosto, 22:00 h 

Filme: "A teta assustada" 

Claudia LLosa (Peru/2009)

Filme de Claudia Llosa, Vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim de 2009,
Fausta tem a “teta assustada”, doença que é transmitida pelo leite materno de mulheres
que foram violadas durante a guerra no Peru. A guerra acabou, mas Fausta vive para
recordá-la porque a “doença do medo” lhe roubou a alma. Misturando mitos, crenças e
acontecimentos políticos, o filme é um exemplar do cinema do terceiro-mundo que luta
para entender seu passado e as ditaduras pelas quais passou.




Domingo, 26 de Agosto, 20:00 h
 
Filme: "O cêu, a terra e a chuva" 
 
José Luís Torres Leiva (Chile, França, Alemanha/2008)

Filme do chileno José Luís Torres Leiva. Mostra-nos Ana, Verônica, Marta e Toro
que vivem numa pequena ilha, no sul do Chile. A natureza é a narradora deste filme,
se mistura com as personagens, sendo possível acompanhar suas emoções através
das ondas do mar que quebram ou da chuva incessante. Pode-se, então, vivenciar,
além de compreender, as experiências de solidão, morte, necessidade de afeto e as
transformações muito sutis pelas quais os protagonistas passam.
 


17 a 19 de Agosto / 3 FILMES NORUEGUESES - Gunnar Vikene+Bent Hamer+ Ola Simonsson/Johannes Stjärne Nilsson

 

Sexta, 17 de Agosto, 22:00 h

Filme: "Vegas" 
Gunnar Vikene (2009)

Vegas é a estória de 3 adolescentes com famílias problemáticas que são mandados para uma casa de acolhimento temporário. Nenhum deles acaba como gostaria mas, de certa forma, todos encontram um lar. Um filme forte, cru e poderoso, onde somos emocionalmente interpelados e confrontados com o conceito de família.






 

Sábado, 18 de Agosto, 22:00 h 

Filme: "Histórias de cozinha" 

Bent Hemer (2003)

Um Instituto de pesquisa sueco decide fazer uma investigação com objetivo de criar uma cozinha ideal para homens sozinhos. Na Noruega eles observam os hábitos de homens na cozinha, sentados em lugares estratégicos e sem poderem dialogar ou ter qualquer interação com os observados. Um questionamento subtil às metodologias científicas, aos hábitos e costumes dos 2 Países e no qual a amizade entre dois homens se constrói com a subtileza e descrição de quem vive no meio das paisagens norueguesas.

 


.
 
 
 

Domingo, 19 de Agosto, 20:00 h

Filme: "O som do ruido" 

Ola Simonsson & Johannes Stärne Nilsson (2010)

Um polícia sem o menor ouvido musical, mas proveniente de uma conceituada família no mundo da música, terá que perseguir um grupo de anarquistas que decidem fazer música nos locais mais inverosímeis com objetos do dia-a-dia. Um filme desconcertante e irónico.

 

 

10 a 12 de Agosto | 3 filmes: Kurosawa (F) + Herzog (F) + Antonioni (F)

Sexta, 10 de Agosto, 22:00 h

Filme: "Dersu Uzala" (A Aguia das Estepes)
Akira Kurosawa (1975)

Um filme passado na Sibéria, entre um militar russo e um caçador das estepes, onde se cruzam as diferenças culturais, a luta com a dureza do clima siberiano, o respeito e a integração na natureza e as relações humanas. Um filme poético, sem cair em sentimentalismo, onde o realizador, filmando intencionalmente à distância, utiliza o espaço e o tempo com a elegância e a sensibilidade apropriadas de um mestre.






 
 

 









 

Sábado, 11 de Agosto, 22:00 h 

Filme: "OAguirre, a Ira de Deus"

Werner Herzog (1972)

O filme é baseado na personagem espanhola de Lopo de Aguirre e embora tendo como suporte diários verídicos, Herzog “inventa” a sua estória. Filmado na Amazónia o filme relata uma expedição e conquista enquadrada por uma outra expedição emocional, na qual a ambição, na sua forma mais extrema, conduz à loucura e à morte.



.
 
 
 

Domingo, 12 de Agosto, 20:00 h

Filme: "O reporter" 

Michelangelo Antonioni (1975)

A estória gira em torno de um repórter que se desloca aÁfrica para filmar um documentário sobre guerrilha. O som e os detalhes são fundamentais nesta obra para a compreensão do todo. Com um enredo policial, as entrelinhas do filme procuram levantar questões mais profundas sobre a nossa existência.




Horario de Verão:

A partir do dia 15 de Julho ate o dia 15 de Setembro:
De 
Quarta a Domingo das 19:00 h as 24:00 h...



3 a 5 de Agosto / 3 Realizadores Iranianos – Samira Makhmalbaf + Jafar Panahi + Mohsen Makhmalbaf

 

Sexta, 03 de Agosto, 22:00 h

Filme: "Às 5 da tarde"

Samira Makhmalbaf (Irâo/2003)




O contexto é a pós-queda do regime Talibã no Afeganistão. Noqreh, decide voltar a estudar,
mesmo com a reprovação de seu pai.Na escola, Noqreh absorve novos conceitos e participa de
discussões políticas, sobretudo as que envolvem os direitos das mulheres, o que a faz sonhar
com a ideia de se tornar presidente da República.

 

Sábado, 04 de Agosto, 22:00 h 

Filme: "O Círculo"

Jafar Panahi (Irâo/2000)

 


Em O Circulo Panahi, mexe com tabus da república islâmica - entre eles aborto, prostituição,
abandono de crianças. Tudo isso inserido no quotidiano cruel onde as mulheres não podem
viajar sozinhas, fumar na rua ou andar de carro na companhia de estranhos. Por causa do
tema, Panahi teve problemas com a censura iraniana e o filme ainda não foi visto em seu país.
 
 
 

Domingo, 05 de Agosto, 19:30 h

Filme: "Sexo e filosofía" 
 
Mohsen Makhmalbaf  (Irâo/2005)




No seu aniversário John decide reunir as suas 4 namoradas, que se desconhecem
mutuamente. As recordações desses encontros servem de mote para uma reflexão sobre a
possibilidade do amor. “Amo logo existo” é o lema de John, que se apoia num cronómetro
para contar os seus momentos de felicidade. Filme de uma imagem retocada ao pormenor e
onde os símbolos ocupam lugar de destaque.
 

 


Horario de Verão:

A partir do dia 15 de Julho ate o dia 15 de Setembro:
De 
Quarta a Domingo das 19:00 h as 24:00 h...

sorry we are open e-mail