Quantas vidas tem um Gato?

Os menos distraídos podem ter reparado que depois de tanto escarcéu afinal o Gato Vadio não bateu com a porta. Longas reuniões e assembleias, com direito a algumas bufadelas e arranhadelas, a gataria não descansou.... Afinal existiam pessoas associadas inconformadas com as notícias do fecho que se uniram pela vontade de manter o Gato. Vai-se a ver e o incumprimento dos prazos legais de aviso de não-renovação do contrato permitiu ficar tal e qual.... e há a esperança que se mantenha até dezembro de 2019.

A solução?
Não é mais do que o processo já em curso: 12 vadios, novos e velhos, chegaram-se à frente para garantir a maioria das tarefas e turnos necessários à abertura do Gato nos próximos meses. Velha guarda e sangue novo – uns mais cépticos, outros mesmo cáusticos – a experimentar outras formas de cuidar da associação mantendo a sua natureza vadia.

Vão ter de nos continuar a aturar por cá! E depois logo se vê.

O Gato Vadio está vivinho da silva e recomenda-se – já perdemos a conta às vidas que passaram.
Por isso aparece, maldiz, propõe, ronrona, associa-te.... faz-te Vadio! - Saco de Gatos
...

10 a 13 de Janeiro de 2019 | FilmesPalestinianos | IndígenasMÉXICO | VirgílioMelo | DocDebPALESTINA

A nossa Livraria  

 ainda recheada com livros de boas,
pequenas e grandes  editoras: 


 7nós &etc afrontamento alambique alikornio ediciones alma azul 
 antígona antipáticas apuro atelier de composição averno 
 barca do inferno barricada de livros bicicleta boca 
 cambalache chão da feira chili com carne  companhia das ilhas
 dafne deriva dois dias edições douda correria edições mortas 
 europress exclamação fenda flan frenesi helastre
 ígneos ignota in a poem nada não edições letra livre 
 livros de bordo lógos montag momo orfeu negro 
 pé de mosca pianola sempre-em-pé sistema solar
 subterrâneas texto sentido tigre de papel unipop 




 NOVO/VELHO HORÁRIO 

quinta a domingo - 17:00 - 24:00h
Nas quintas de Janeiro, Vadios apresentam
Filmes Palestinianos,
sempre pelas 21:30h, sempre com entrada livre.
 
 Quinta 10 de Janeiro, 21:30h  

 O Sal do Mar (2008) 
Annemarie Jacir  / 109m


Soraya, 28 anos, sempre viveu em Nova York. Ela decide ir à Palestina, de onde sua família saiu para o exílio em 1948. Ao chegar, ela tenta recuperar as economias do avô. Diante da recusa do banco, Soraya resolve tomar as rédeas da sua vida.

 
Legendas em português

 Sexta 11 de Janeiro, 21:30h 
"Una Piedra en el Zapato":
Um olhar sobre a situação dos povos indígenas no México
Oaxaca, México: 
Na luta pela defesa dos direitos indígenas e os seus territórios, CODEDI decide ocupar 300ha de terra em 2013 para responder às necessidades dos povos nas comunidades vizinhas.
Por não querer a intervenção do estado nas suas comunidades nem a invasão do capitalismo nos seus territórios, sofrem ataques continuamente. Desde o amor que têm à vida ganham forças para resistir e avançar no seu processo de autonomia.

 Sábado 12 de Janeiro, 17:00h 
Nesta sessão de audições comentadas
o compositor, professor e musicógrafo Virgílio Melo apresenta

CLAUDE DEBUSSY

 Sábado 12 de Janeiro, 21:30h 
PALESTINA - documentário e debate
Entrevista inédita com um dos principais responsáveis pela FDLP,
um dos partidos históricos da esquerda palestiniana - o Dr. Qais Karim, feita em Ramalah durante o mês de Agosto de 2014 e nela o Dr. Qais responde a uma sequência completa de questões sobre: a história do movimento e da unidade palestiniana, relações com a Síria, estado da questão, revolução egípcia, etc. Em resumo, é uma pequena enciclopédia politica do Médio Oriente actual. 

 Domingo 13 de Janeiro 
 17-24h 

Livros ou Discos
Bolachas ou Licores
Cerveja ou Vinho a copo
ou uma longa e intensa conversa...

Comentários