Quantas vidas tem um Gato?

Os menos distraídos podem ter reparado que depois de tanto escarcéu afinal o Gato Vadio não bateu com a porta. Longas reuniões e assembleias, com direito a algumas bufadelas e arranhadelas, a gataria não descansou.... Afinal existiam pessoas associadas inconformadas com as notícias do fecho que se uniram pela vontade de manter o Gato. Vai-se a ver e o incumprimento dos prazos legais de aviso de não-renovação do contrato permitiu ficar tal e qual.... e há a esperança que se mantenha até dezembro de 2019.

A solução?
Não é mais do que o processo já em curso: 12 vadios, novos e velhos, chegaram-se à frente para garantir a maioria das tarefas e turnos necessários à abertura do Gato nos próximos meses. Velha guarda e sangue novo – uns mais cépticos, outros mesmo cáusticos – a experimentar outras formas de cuidar da associação mantendo a sua natureza vadia.

Vão ter de nos continuar a aturar por cá! E depois logo se vê.

O Gato Vadio está vivinho da silva e recomenda-se – já perdemos a conta às vidas que passaram.
Por isso aparece, maldiz, propõe, ronrona, associa-te.... faz-te Vadio! - Saco de Gatos
...

22 a 25 de Setembro - * lidança * checkpoint * iury * alma_azul

 de 16 a 30 de Setembro  
grande parede vermelha da livraria receberá 
a reprodução de Lidança de Abílio-José Santos de 1968
 Quinta 22 de Setembro, 21:30h  

porque a audiência andou atarefada com a vastíssima oferta cultural ...
propomos para esta semana o mesmo limão amoroso chamado:


Intervenção Divina
Elia Suleiman / 2002 
92min

Separados por um checkpoint, dois amantes Palestinos,
um de Jerusalém outro de Ramallah, arquitectam encontros clandestinos.
 Sexta 23 de Setembro, 21:30h 
concerto a solo de
Iury Matias


CENÁRIO DO PORTO 

“vento me sopra do Douro notícias de paz, que anunciam que o tempo prepara algo mais”.
Caminhando e construindo pelas entrelinhas no ofício das artes, o guitarrista
Iury Matias esteve apurando suas influências e sintetizando sua musicalidade em composições que contam um pouco sobre sua história e essência. Vivendo em Portugal desde 2013, o músico apresenta neste setembro o concerto “Cenário do Porto”, que traduz em silêncio e som o trabalho autoral deste artista.
O concerto a solo, com músicas instrumentais e algumas canções, tem duração de 50’ (cinquenta minutos) e consta de composições originais e algumas releituras de alguns compositores que influenciaram o trabalho do guitarrista e a construção do seu perfil musical.
 Sábado 24 de Setembro, 17:30h 

Elsa Ligeiro regressa ao Gato Vadio com 3 convidados,
 que irão comentar 3 dos livros mais importantes do Catálogo Alma Azul:

Rui Manuel Amaral comenta Poemas do manicómio de Mondrágon,
de Leopoldo María Panero com tradução de Jorge Melícias;

Pedro Eiras comenta A Confissão de Lúcio, de Mário de Sá-Carneiro;

Orfeu Bertolami comenta Livro do Desassossego, de Bernardo Soares,

edição em 4 volumes da Literatura Portátil;

assinalando assim mais um aniversário
17 Anos - 17 Livros Alma Azul

Comentários