Quantas vidas tem um Gato?

Os menos distraídos podem ter reparado que depois de tanto escarcéu afinal o Gato Vadio não bateu com a porta. Longas reuniões e assembleias, com direito a algumas bufadelas e arranhadelas, a gataria não descansou.... Afinal existiam pessoas associadas inconformadas com as notícias do fecho que se uniram pela vontade de manter o Gato. Vai-se a ver e o incumprimento dos prazos legais de aviso de não-renovação do contrato permitiu ficar tal e qual.... e há a esperança que se mantenha até dezembro de 2019.

A solução?
Não é mais do que o processo já em curso: 12 vadios, novos e velhos, chegaram-se à frente para garantir a maioria das tarefas e turnos necessários à abertura do Gato nos próximos meses. Velha guarda e sangue novo – uns mais cépticos, outros mesmo cáusticos – a experimentar outras formas de cuidar da associação mantendo a sua natureza vadia.

Vão ter de nos continuar a aturar por cá! E depois logo se vê.

O Gato Vadio está vivinho da silva e recomenda-se – já perdemos a conta às vidas que passaram.
Por isso aparece, maldiz, propõe, ronrona, associa-te.... faz-te Vadio! - Saco de Gatos
...

19 a 25 de Janeiro - VidaSuburbana // Feminismo // Capitalismo // Ripley // Mistério // Leminski

 Segunda, 19 de Janeiro, 16:00h 

 Apresentação

"Vida Suburbana" de Paulo Lemos

A Associação Cultural Burra de Milho através da sua colecção literária
"a burra edita" tem o prazer de o/a convidar para a apresentação do livro "Vida Suburbana" da autoria do Paulo Lemos.
A apresentação será Segunda-feira, 19 de Janeiro na Livraria Gato Vadio, situada na Rua do Rosário nº 281, Porto, pelas 16h00, contando com a presença do autor, Paulo Lemos.
Que segredos nos esconde o Punk em Portugal? É esta questão que Paulo Lemos se propõe a responder na sua obra de estreia, a primeira do género em Portugal. O livro aborda a subcultura Punk e explora os seus diversos campos artísticos e comunicacionais. Iniciando uma abordagem ao Punk internacional, passamos pelo seu universo português, terminando com o estudo de caso da banda Punk mais antiga de Portugal em actividade: os Mata-Ratos.

 Terça, 20 de Janeiro, 19:00h   

Apresentação no Porto da 4ª Acção Internacional 
da Marcha Mundial das Mulheres.

A Caravana Feminista terá início no Curdistão, do leste da Turquia, no dia 8 de Março de 2015, e vai viajar ao longo de 7 meses, pelo norte, sul, este e oeste da Europa, terminando o seu percurso no dia 17 de Outubro de 2015 em Portugal. Durante a 4ª Acção serão organizados inúmeros eventos feministas a nível local e regional. As coordenadoras nacionais e a Marcha Mundial das Mulheres, assim como colectivos afins irão dinamizar estes eventos. A caravana é uma oportunidade real para fortalecer alianças com movimentos activistas a nível europeu e internacional. Apelamos à mobilização, apoio e participação de várias organizações, colectivos e pessoas activistas pelos direitos das mulheres, das pessoas LGBTI, das pessoas migrantes, pelos direitos socioeconómicos e políticos (trabalho, educação, habitação, saúde, participação política). Coimbra irá receber a caravana na sua última paragem e como tal, será o palco do evento final desta grande viagem.

Apareçam! :D
+ info:

https://www.facebook.com/caravanafeminista?fref=ts
Campanha de crowdfunding:
http://www.verkami.com/locale/eo/projects/10679-feminist-caravan-2015

 Quarta, 21 de Janeiro, 21:30h 

 

apresentação do livro “CAPITALISMO Y ECONOMÍA MUNDIAL”
pelo próprio autor Xabier Arrizabalo Montero

 Quinta, 22 de Janeiro, 21:30h 

 filmes avulso

O Jogo de Mr. Ripley
Anthony Minghella

2003 / 110m

Ripley convence um homem a cometer um homicídio por uma grande quantidade de dinheiro. A situação fica fora de controlo e o homem tem de escapar da situação.

 Sexta, 23 de Janeiro, 22:00h 

mais um mistério no sofá
Frenzy, Perigo na Noite de Alfred Hitchcock

 Sábado, 24 de Janeiro, 18:30h
 

A Beat Generation e o Budismo Zen
na poesia de Paulo Leminski
(conversa com Pedro Craveiro)

Depois de defender a sua dissertação de mestrado com título
"Hoje sem musa apenas meu nome escrito na blusa:
A Beat Generation e o Budismo Zen em Paulo Leminski
",

Pedro Craveiro vem ao Gato Vadio falar-nos um pouco da obra deste poeta brasileiro e deslindar algumas influências na sua escrita.
Apresentação seguida de conversa informal.

Comentários