Caras eleitoras e eleitores,

Nesta semana, com um desfecho tão particular e sem sabermos o que vai acontecer (é tudo tão imprevisível nesta vidinha, como nas telenovelas, nos romances baratos, que decidimos ter um rádio a pilhas para ouvir sempre a mesma cantiga, pode ser?), temos uma troika de actividades nem a propósito. Sexta-feira, os hackers do Hacklaviva apresentam o seu projecto de transparência da vida política portuguesa, nomeadamente o site https://demo.cratica.org/ , página que serve como uma espécie de telhado de vidro sobre a Assembleia da República (ora aí está a cantiga!).

No sábado, vamos passar um documentário sobre a intervenção do FMI na Grécia e o el dorado de que se revestiu esta ajuda benemérita para a sociedade grega, exultante por recuperar o bem-estar social e a alegria de viver na justiça. Como sabem, aqui para a gente, nós também morremos de amores pelo FMI. Haverá debate e um pedido de benefit para o Strauss-Kahn, que antes violava países numa nice, e agora a coisa deu para o torto com a camareira.

Finalmente, no domingo, depois do dever cumprido, a consciência tranquila para estabilizarmos por mais quatro anos o nosso dever cívico (os outros que trabalhem, estão lá para nos servirem...), era quase samba, ó se era… temos o músico brasileiro Gustavo Prafrente, concerto ao vivo, neste pátio mal amanhado, mas recalcitrante na convicção de que todo o ser humano é mais vivo e livre quando pará a representação.


Programa:

Hacklaviva apresentam Transparência Hackday Porto e projecto Demo.cratica.

Com a presença de Ana Carvalho e Ricardo Lafuente

Sexta-feira, 3 de Junho, 22h

Entrada Livre


DEBTOCRACY, documentário 2011

Debate com a participação de José Soeiro (BE) e Luís Chambel (Colectivo Anarquista Hipátia)

Sábado, 4 de Junho, 22h

Entrada Livre



Gustavo Prafrente (Brasil)

Concerto ao Vivo

Domingo, 5 de Junho, 17h

Entrada 3 Gatos


Sem comentários:

Enviar um comentário