4 a 28 de Junho - // Brando50 // // Equinócio // Adília // Activismo

Quinta, 25 de Junho, 21:30h  

Nas quintas de Junho GatoVadio apresenta...

Marlon Brando no início dos anos 50

ELIA KAZAN
On the Waterfront
Há Lodo no Cais
(1954 / 108m)

O antigo pugilista Terry Malloy poderia ter sido campeão mas viu-se obrigado a ganhar a vida a trabalhar para o chefe do mais perigoso bando de gansgters da cidade.

 Sábado, 27 de Junho, 17:00h  

Rui Manuel Amaral prossegue o quarto ciclo das
Leituras do Gato Vadio, com uma sessão dedicada ao


Equinócio de Francisco Tario

 

O convidado escolhido para Junho  é
Daniel Macedo Pinto.


A imagem é dos Lina E Nando e a entrada, como sempre, é livre.

 Sábado, 27 de Junho, 21:30h  

Desde Maio, último sábado do mês,  

hoje sem musa

sessões sobre Poesia com Pedro Craveiro.
Nesta segunda sessão, Pedro fala com
Francisca Camelo sobre a poesia de

Adília Lopes.

 Domingo, 28 de Junho, 17:00h

Domingos na Treta 
um ciclo de conversas informais sobre temas de interesse da comunidade LGBTQIA+ com gente que sabe alguma coisa do que está a falar.
A última conversa informal focará Mulheres no ativismo LGBTQIA

 e contará com a presença de Eduarda Sousa, Helena Topa e Rita Braga.

O FAqTO - Fato Queer surgiu há pouco mais de um mês. Nascemos da ideia de que é preciso dar mais visibilidade às pessoas LGBTQIA+, não só na altura das marchas, mas durante todo o ano, todos os dias, sempre que possível.
Nesse sentido chega agora a nossa primeira iniciativa, Domingos na Treta - um ciclo de conversas informais que irá abordar alguns temas que acreditamos ser de interesse para a comunidade LGBTIQIA+ do Porto, e não só! Esta primeira edição dos Domingos na Treta vai focar na bissexualidade, na transexualidade, no coming out sob a perspectiva de pais e mães de pessoas LGBTQIA+, no poliamor e no papel das mulheres (e do feminismo) no movimento LGBTQIA+ português.
Queremos aproveitar a movimentação política e de consciência social que acontece durante a época das marchas para trazer alguns assuntos à tona, mas o nosso objetivo principal é que isto não pare por aqui. Queremos falar sobre mais assuntos relevantes, ajudar a dar voz às pessoas LGBTQIA+ e dar a conhecer as suas vivências.
Só foi possível organizar este ciclo de conversas devido a ajuda do Gato Vadio, que nos cedeu o espaço para a realização deste ciclo, e com a ajuda fundamental de pessoas, associações e coletivos. Por isso fica aqui o nosso agradecimento ao 
Gato Vadio, às pessoas que, em nome individual, aceitaram o nosso convite e às Actibistas - Coletivo Pela Visibilidade Bissexual, à Amplos Bring-out, ao Braga Fora do Armário, àAssociação Jano Portugal, ao PolyPortugal e à rede ex aequo.
Venham conversar connosco!

Sem comentários:

Enviar um comentário