18 a 22 de Fevereiro - // Decameron // Psycho // JaimeReis // CorvoTarot&Inundação

 Quinta, 19 de Fevereiro, 21:30h 

 filmes avulso

Il Decameron 
Pier Paolo Pasolini

1971 / 112m

A adaptação de nove histórias do Decameron de Boccaccio.
Pasolini utiliza os seus velhos truques para satirizar a igreja e lançar doses liberais de vida e de amor.

 Sexta, 20 de Fevereiro, 22:00h 

mais um mistério no sofá
Psycho de Alfred Hitchcock

 Sábado, 21 de Fevereiro, 17:00 

 

 

JAIME REIS  
[n. 1983] – É o compositor que se mostra na 8ª sessão das
Conversas com Compositores Portugueses Contemporâneos 
VIRGÍLIO MELO, anterior convidado das sessões, será agora o intermediário 
a propósito da criação musical daquele compositor.

Nascido em Dezembro de 1983, JAIME REIS iniciou os seus estudos musicais em Seia aos cinco anos com o etnomusicólogo António Tilly. Começou a compor aos 12 anos tendo estudado nos Conservatórios de Seia e de Viseu. Entre os 17 e os 22 anos conclui a licenciatura em ensino de música, na Universidade de Aveiro, onde estudou composição e música electrónica com Isabel Soveral e João Pedro Oliveira. Terminou o curso de doutoramento em Ciências Sociais, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, onde é aluno do doutoramento em Ciências Musicais orientado pelos professores Salwa Castelo-Branco e Emmanuel Nunes, cujos seminários de composição frequenta regularmente desde 2003 a par de outros cursos, nomeadamente, com Karlheinz Stockhausen. Foi premiado em concursos de composição, seleccionado para edições do Workshop Gulbenkian para Jovens Compositores Portugueses, ICMC 2005 (Barcelona), ICMC 2014 (Atenas), IRCAM Manifeste Academie 2013, recebeu da Universidade de Aveiro duas bolsas por mérito (2005 e em 2006) e a bolsa da Fundação Engenheiro António de Almeida, por ter sido o melhor aluno a concluir a sua licenciatura em 2006. Para além do seu trabalho enquanto compositor, tem desenvolvido actividades como: direcção artística do festival Dni Muzyki Portugalskiej w Krakowie e do Festival Dias de Música Electroacústica; conferências (Universidade de Aveiro, Academia de Música de Cracóvia, Escola Superior de Turismo e Telecomunicações de Seia, Universidade de Woosuk – Coreia do Sul, Keio University - Tóquio, SciencesPo - Le Havre, UNICAMP - Campinas, UFBA - Salvador na Bahia, UFJF - Brasil, Cursos Stockhausen 2009 – Kürten, 42. Darmstadt Internationale Ferienkurse für Neue Musik, International Summer School of Systematic Musicology, e.o.); sonorização de documentários e apresentações multimédia; residências artísticas (Visby International Centre for Composers, e.o.); investigação no Instituto de Etnomusicologia – centro de estudos de música e dança (INET-md); docência em escolas como o Inst. Piaget, FCSH-UNL, EMNSC e docência e direcção pedagógica no Conservatório de Música de Seia. A sua música tem sido apresentada em Portugal, e.o., no Festival Música Viva e Festival de Música de Aveiro, na Polónia, Túrquia (Ankara), França (Synthèse 2005, Bourges; Uni. de Paris VIII, 2007), Brasil (Unicamp, UFJF, UFBA - onde esteve como compositor convidado para seminários de composição, conferências e concertos, 2010, UFMG - onde esteve como compositor convidado para seminários de composição, conferências e concertos, 2011), Áustria (Hörfest 05, Graz), onde esteve como compositor convidado para a estreia da sua peça Lysozyme Synthesis, Bélgica (Gent, 2006), onde estreou uma peça encomendada pela Logos Foundation. Recentemente, recebeu encomendas da UFT/INATEL, Festival Primavera, APEM, Grupo de Música Contemporânea de Lisboa e Festival for the Liberation for Sound and Image (Paris).

 Sábado, 21 de Fevereiro, 21:30h  


lançamento de dois projectos editoriais de
manuel de almeida e sousa
Cantos do Corvo Negro & Tarot Poético da Deusa Eris 
/
e do poeta brasileiro Renato Suttana
 a inundação 

(uma peça teatral)


seguido de degustação de cadáver esquisito,
homenagem ao surrealismo português...

 Domingo, 22 de Fevereiro
 17h - 24h 


Mês dos gatos e dos namorados, nada melhor que aproveitar um espaço simpático e acolhedor da cidade do Porto para passar a tarde e / ou a noite saboreando uma fatia de bolo ou uma bolacha à sua escolha.

Expandir

Sem comentários:

Enviar um comentário