31 dez - 5 jan / enterrar 2013 e celebrar 2014, "edz azar e o ovo dourado", Occupy Poesia, Filme e EcoSol

3ª feira

31 de dezembro


22:00h 

31 de Dezembro 2013 vamos entendê-lo como a entrada num ano que se deseja

"O do Todos os Tumultos".


Venha entrar em 2 0 1 4 com a família felina. Às 22:00 D. Flagra apresenta uma animação fílmica surpresa... depois será o que tiver de ser.
 

5ª feira

2 de janeiro


21:00h 

Concerto dos "edz azar e o ovo dourado" 


Elementos do Collectif Medz Bazar misturados com uma concertina, vozes amigas e uma grande vontade de dar as boas vindas ao novo ano. Um encontro musical de vários mundos.
 

Sex

3 de janeiro

22:00h 

 

Occupy Poesia

- apresentamos o livro Al Face Book de Alberto Pimenta (com visualizações parciais da leitura que o autor fez do seu poema no Gato Vadio  no dia 31 de Março de 2012, por ocasião do lançamento do livro editado pela 7 Nós).
 

Sab

4 de janeiro


22:00h 

 Filme mistério 

Dom

5 de janeiro

 

a partir das 17h o Grupo EcoSol Porto continua o seu work in progress...







 




 

 

Em 2014, as nossas estantes ...

Em 2014 as nossas estantes continuarão convidativas com livros das prestigiadas:
EDIÇÕES MORTAS, edições antipáticas, ANTÍGONA, averno, FRENESI, dafne, FENDA, &etc, DERIVA, 7nós, LETRA LIVRE, ccc, COLIBRI, chão da feira,ALMA AZUL, pé de mosca, MARIPOSA AZUAL, urbanidade real, BOCA, via óptima, LADO ESQUERDO ed., landscapes d'antanho, HELASTRE, casa da achada, ORFEU NEGRO, atelier de composição, ASSÍRIO & ALVIM...

 e as revistas 
CÃO CELESTE, golpe d'asa, INTERVALO, punkto, FLAUTA DE LUZ, alambique, ...

26 a 29 dez: «WHAT WOULD JESUS BUY», Irmânia, Sherlock natalício e Economia Social

5ª feira

26 de dezembro


21:30h 

WHAT WOULD JESUS BUY

 

- 2007 de Rob Van Alkemade. 


Documentário em tom de comédia que questiona a comercialização do Natal e o consumismo actual. Legendado em Espanhol. (1h 31m)

O Sapato 43 e Noé apresentam ciclo de filmes sobre A B U N D Â N C I A

Sex

27 de dezembro

22:00h 

 José António Silva apresenta o Livro do Mês:

Irmânia

 Quasi Edições

Uma das raras narrativas utópicas escritas em português por um autor muito pouco conhecido, Ângelo Jorge.
 

Sab

28 de dezembro


22:00h 

Sherlock natalício

 

-  projecção de um ou vários episódios da série  Sherlock Holmes
 

Feita durante uma década (1984 / 1994), produção da Granada Television, adaptada por John Hawkesworth, protagonizada por Jeremy Brett.

Dom

29 de dezembro

 

A Economia nas Nossas Mãos, JÁ!








 





 






 



17 a 22 dez / 4ª feira vadia, «Samsara», Sherlock natalício, Jingle tells, Economia Social


3ª feira

17 de dezembro

 
18:00 - 21:00
Uma abertura excepcional para comemorar uma dia especial:

DIA INTERNACIONAL CONTRA A VIOLÊNCIA SOBRE OS TRABALHADORES DO SEXO - conversa de café



 

4ª feira

18 de dezembro


Aberto das 17:00 às 0:00


 

5ª feira

19 de dezembro


21:30h 

SAMSARA

2011 de Ron Fricke. 

Filmado em 25 países, este filme mostra zonas sagradas, zonas de desastre, complexos industriais e belezas naturais. (1h 42m)



O Sapato 43 e Noé apresentam ciclo de filmes sobre A B U N D Â N C I A

6ª feira

20 de dezembro


22:00h 

Sherlock natalício

 

-  projecção de um ou vários episódios da série  Sherlock Holmes
 

Feita durante uma década (1984 / 1994), produção da Granada Television, adaptada por John Hawkesworth, protagonizada por Jeremy Brett.

Sáb

21 de dezembro

17:00h 

 

Jingle tells

- uma sessão especial de Natal das Leituras do Gato Vadio.


Histórias de Karl Valentin, O. Henry, Machado de Assis, Jacques Sternberg e Fiódor Dostoiévski.

Evento Facebook
A imagem do livro em palhinhas deitado é de Luís Nobre, dos Lina E Nando.

Dom

15 de dezembro

 

A Economia nas Nossas Mãos, JÁ!











 

Para os que desejam um Natal invulgar e desassossegado, temos nas nossas estantes, sem fitas nem berloques, livros das prestigiadas edições mortas, edições antipáticas, antígona, averno, frenesi, fenda, &etc, dafne, deriva, 7nós, letra livre, ccc, colibri, chão da feira, alma azul, pé de mosca, mariposa azual, boca, urbanidade real, via óptima, lado esquerdo ed., landscapes d'antanho, helastre, casa da achada, orfeu negro...


 




 





 


 




 



 

11 a 15 dezembro / 4ª feira vadia, «Baraka», «Exposing the Invisible», “Poeticamente Exausto, Verticalmente Só", Economia Social

Aberto de 4ª a Domingo das 17h às 24h

4ª feira

11 de dezembro

Música, bebidas, bolachas e livros.

Nada mais faz falta....

5ª feira

12 de dezembro


21:30h 

 «Baraka»

1992 de Ron Fricke. 

Imagens de todo o mundo, da natureza, e religiões do homem. (1h 36m)


O Sapato 43 e Noé apresentam ciclo de filmes sobre A B U N D Â N C I A

6ª feira

13 de dezembro


22:00h 


Exposing the Invisible (Expôr o Invisível):
uma série de filmes da Tactical Tech

Lançada em 2013 pela Tactical Technology Collective, a série de curtas metragens “Exposing the Invisible” (Expôr o Invisível), examina casos inspiradores e provocadores de investigação – daqueles que vão mais fundo do que as investigações jornalísticas tradicionais.
São apresentados activistas, hackers, repórteres e artistas que desenvolveram as suas próprias tácticas para exporem camadas que se escondem por trás de assuntos e problemas que eles mesmos tiveram de enfrentar. Com este projecto, a Tactical Tech pretende incitar aqueles que se envolvem com temas de transformação social de forma a que possam desenvolver novas formas de pensar. Os filmes fornecem novas técnicas, ferramentas e métodos de trabalho com informação, bem como modelos e soluções práticas de abordagem aos riscos relacionados com a integridade física e digital dos activistas.
E porquê o foco nas investigações? Porque quando se luta por uma causa, a investigação é raramente aquilo que tencionávamos fazer, mas muitas vezes torna-se no que de facto fazemos. Na verdade, é difícil imaginar activismo efectivo sem investigação.
No website https://exposingtheinvisible.org/ disponibilizamos recursos que explicam as ferramentas apresentadas em cada episódio, juntamente com uma seleção de websites, bases de dados, livros e software que consideramos que os activistas deveriam conhecer.

A projeção enquadra-se num "festival global" de 9 a 15 de dezembro, em que o filme será projetado em varias cidades à volta do mundo
https://exposingtheinvisible.org/screenings/ 

Sáb

14 de dezembro

17:30h 

“Poeticamente Exausto, Verticalmente Só - A história de José Bação Leal"



O filme será apresentado pela realizadora e por Xurxo Nóvoa Martins (Universidade de Vigo), que tem estudado a vida e a obra de José Bação Leal.

SINOPSE
Contextualizado no Portugal de finais dos anos 50 e inícios dos anos 60, o documentário é uma aproximação à vida, pensamento e obra de José Bação Leal, um jovem e promissor escritor, falecido em Moçambique durante a guerra colonial, com apenas 23 anos.
Com uma consciência política rara naqueles tempos, este jovem marcou fortemente as pessoas com quem conviveu, tanto pela sua curiosidade intelectual como pela resistência que demonstrou face ao regime fascista e pela sua postura anti-militarista dentro do próprio exército.
Após a sua morte, os amigos juntaram-se para editar, em forma de homenagem, os seus poemas e cartas. Em 1971, o seu pai reedita-o com um grande impacto no meio literário e intelectual. Será, nesse ano, o livro mais vendido na Feira do Livro de Lisboa, antes de ser apreendido pela PIDE.
O documentário flui a partir de testemunhos dos seus amigos mais próximos e da irmã, que nos propõem uma viagem sensível através de um país e de uma época em que "a única forma de se ser pessoa era ser rebelde", como diz um dos seus melhores amigos António Manuel Viana.
Documentário - 53 min - 2007
Realização: Luísa Marinho
Produção : António Ferreira
Fotografia : Cláudio Ribeiro
Música : Luís Pedro Madeira
Produção: PERSONA NON GRATA PICTURES

Dom

15 de dezembro

A Economia nas Nossas Mãos, JÁ!
































Luísa Marinho
Jornalista desde 2000. Trabalhou na redacção de “O Comércio do Porto” entre 2000 e 2005, na secção de Cultura. Colaborou na publicação “Duas Colunas”, do Teatro Nacional São João, e em edições do Museu de Arte Contemporânea de Serralves. Em 2000 e 2001 foi co-editora da revista “Aponte” editada pelo Jornal Universitário do Porto no âmbito do Porto 2001 – Capital Europeia da Cultura. Foi co-editora literária da revista de literatura, música e artes visuais “aguasfurtadas”.
Elabora textos para o Festival de Teatro de Expressão Ibérica do Porto – FITEI e é coordenadora editorial do guia e programa do festival.
Esteve envolvida na programação e organização de ciclos de cinema em vários espaços culturais do Porto.
Realizou o filme documentário “Poeticamente Exausto, Verticalmente Só – A História de José Bação Leal”, estreado em 2007 no Festival DocLisboa.

Filhas do Vento de René Crevel

Livro da semana 

Filhas do Vento de René Crevel da editora &etc
que continua ainda a preços doces.

5 a 8 de dezembro / abertos de 4ª a domingo, «Promised Land», Occupy Poesia, « O S . I D I O T A S », A Economia nas Nossas Mãos, JÁ!


O Sapato 43 e Noé apresentam filmes sobre a abundância nas 5ªs do mês de Dezembro:


Que Abundância? Que Terra? Que Futuro?

Entre utopia e distopia, o Mundo continua perseguindo a Terra Prometida. Genericamente, trata-se de uma terra de Abundância, só que a questão da Abundância tem vindo a sofrer alterações pelo percurso histórico, científico, económico e político da nossa humanidade. Enfim, a Abundância não tem os mesmos contornos, nem a mesma definição, nem é da mesma natureza para todas as pessoas. A questão da independência energética tem sido uma constante preocupação de todos os Estados. Com o mapeamento das jazidas de gás de xisto e respectivas prospecção e exploração muitas dúvidas ficam por esclarecer.

Na miragem de uma espécie de terra de abundância, vislumbrando aquilo que os nossos dirigentes chamam a «independência energética», enquadrada na iminência de um acordo transatlântico -TAFTA , ainda em negociações sobre uma questão essencial relativa aos Organismos Geneticamente Modificados, mas visto pelo governo PSD/CDS e pela oposição PS como um motor para a economia, através da criação de empregos e do investimento de empresas norte-americanas, Portugal antecipou uma parceria com uma corporação texana, a Mohave Oil & Gas para prospecção de gás de xisto.


Esta foi «autorizada pelo Governo na região do Oeste,[...] em acordo com a Galp Energia» . Entretanto, à semelhança do que tem vindo a acontecer noutros países europeus, a 11/10/13 um projecto de lei aplica uma moratória à exploração de gás de xisto no território nacional.


Entretanto, em Fevereiro de 2013, a Direcção Geral de Energia e Geologia concedeu a exploração do gás natural em Portugal até 2021 à Oracle


Isto deixa-nos com muitas perguntas e dúvidas...

Que Abundância? Que Terra? Que Energia? Que Futuro?






4ª feira

4 de dezembro


Música, bebidas, bolachas e livros.

Nada mais faz falta....

5ª feira

5 de dezembro


21:30h 

«Promised Land»

(Terra Prometida) [106']
Inglês com legendas em Português, de 2012 do realizador Gus Van Sant.
A história é a seguinte: dois mediadores de uma grande empresa de exploração de gás chegam a uma vila, assolada pela crise económica e laboral, para estabelecer contratos com os proprietários das terras para exploração do gás de xisto, aliciando-os com lucros prometedores. A chegada de um activista ambientalista vem dar outro rumo à proposta dos mediadores.


 

6ª feira

6 de dezembro


22:00h 

Occupy Poesia  

A sessão da próxima 6ª feira será preenchida  com a leitura integral do poema «A Invenção do Amor» de Daniel Filipe, poeta  perseguido e torturado pela PIDE.

Sáb

7 de dezembro


21:30h 

Apresentação do livro

 « O S . I D I O T A S » de Rui Ângelo Araújo,

 O Lado Esquerdo Editora, 2013,

por Carlos Costa e exposição de trabalhos de Eduardo Ferreira (autor da capa).

Dom

8 de dezembro

A Economia nas Nossas Mãos, JÁ!