Coração de Vidro (Herz aus Glas). 1974 Werner Herzog+ Lançamento do Buraco #4 (2 e 3 de Junho)





Sábado, 02 de Junho às 22h00

"Coração de Vidro" de Werner Herzog (1974)

 



Filme do começo da carreira do diretor alemão Werner Herzog. A população duma pequena vila entra em desespero quando o dono da fábrica morre sem passar a fórmula secreta para se obter a cor rubi no vidro.

 

 

Domingo, 3 de Junho a partir das 19h00

Lançamendo do Buraco#4-o Es.col.a gira a batuta

 

 
Domingo dia 3, no Gato Vadio, pelas 19h00, onde se partirá de um jantar para uma mostra de vídeos e tertúlia em torno dos projecto de irrigação social Es.Col.A.
 

Blockupy, Frankfurt: estado de excepção e o insólito a cada esquina


Quatro dias no coração financeiro e político da Europa de Blockupy, em Frankfurt, com interdição de manifestações, proibição do direito de reunir em público, cassação policial do direito à circulação, um quarteirão inteiro em estado policial, cercado por 5 mil polícias. E o insólito a cada esquina.


Mau Sangue por MiaSoave + Fata Morgana (1971) de Werner Herzog | 25 e 26 de Maio


Sexta-feira, 25 de Maio às 19h00

Lançamento/Concerto Mau Sangue por MiaSoave

                                     Mais info  || ouvir aqui

Sábado, 12 de Maio às 22h00

"Fata Morgana" de Werner Herzog (1971)


 Um filme contemplativo que consiste basicamente em imagens do deserto do Saara captadas de cima de um ônibus guiado pelo Werner.
Planos longos, com câmera em movimento e parada, regados com a leitura do mito criacionista maia Popol Vuh, textos escritos pelo próprio Herzog
e músicas, com destaque para canções do primeiro disco do Leonard Cohen.

O homem diz que Fata Morgana é um filme de ficção científica, que é como se alienígenas tivessem vindo à Terra e feito imagens.
Não há como não pensar no Koyaanisqatsi (1982), embora o filme do Herzog não seja hippie e seja menos direto, além de bem menos grandiloquente & elaborado visualmente.



Retirado daqui

Falar de revolução? + Amnistia Internacional | 10 a 13 de Maio


Quarta-feira, 10 de Maio às 22h00

Do Occupy Wall Street à Es.co.la da Fontinha,
Faz sentido falar de revolução?

Debate com a participação de José Soeiro
 

Sábado, 12 de Maio às 19h00

A Amnistia Internacional, a Síria e os Direitos Humanos


O Serão à luz da Vela do mês de Maio é dedicado à Síria, numa tentativa de criar consciência e chamar a atenção para as graves violações dos direitos humanos que ali estão a ser cometidas. Serão recolhidas assinaturas para petições que exigem o fim dos massacres e o respeito pelos direitos humanos. Junta-te à Amnistia Internacional nesta noite síria de partilha e solidariedade.

19h - Exibição do documentário "Syria - 72 hours under fire", seguido de uma breve apresentação de um activista sírio de origem curda e um debate;
21h - Jantar buffet com pratos tradicionais sírios e curdos (custo de 3 direitos);
22h - Concerto de música curda e danças tradicionais;


Domingo, 13 de Maio às 18h00
 
Sem jeito Para o Negócio 
Mário de Sá Carneiro, apartir de Mário Cesariny e Herberto Helder


hoje, dia de todos os demónios
irei ao cemitério onde repousa Sá-Carneiro
a gente às vezes esquece a dor dos outros
o trabalho dos outros o coval
dos outros
 
ora este foi dos tais a quem não deram passaporte
de forma que embarcou clandestino
não tinha política tinha física
mas nem assim o passaram
e quando a coisa estava a ir a mais
tzzt... uma porção de estricnina
deu-lhe a moleza e foi dormir
 
preferiu umas dores no lado esquerdo da alma
uns disparates com as pernas na hora apaziguadora
herói à sua maneira recusou-se
a beber o pátro mijo
deu a mão ao Antero, foi-se, e pronto,
desembarcou como tinha embarcado
 
Sem jeito para o negócio

Mário Cesariny

 

 


















Sábado, 12 de Maio às 17h00

A Ovelha Negra
de Augusto Monterroso



Leituras por Rui Manuel Amaral e Rui Lage 

Poesia Russa + Que género de economia? + Homenagem ao Malandro » 2 a 5 de Maio


Que género de economia?
Quinta feira, 3 de Maio, 21h30

Tertúlia sobre o impacto das representações de género nos diferentes sectores da economia e nomeadamente no des/emprego e na pobreza.


Intervenções:
_JOSÉ SOEIRO. Dirigente do Bloco de Esquerda. Ex-Deputado. Doutorando na área do Trabalho.
_MARIA CÂNDIDA ROCHA E SILVA. Presidente do Conselho de Administração do Banco Carregosa.
_DANIEL DEUSDADO. Jornalista e comentador de assuntos económicos. Director da produtora Farol de Ideias.
_ANA CLÁUDIA ALBERGARIA. Socióloga. Técnica no Departamento de Investigação e Projectos da EAPN Portugal/ Rede Europeia Anti-Pobreza.
Moderação:
SOFIA BRANCO. Jornalista.

Descarregar .pdf.
Esta iniciativa está integrada no projecto “e-storias d’igualdade”, uma iniciativa da ACEP – Associação para a Cooperação Entre os Povos, e pretende contribuir para o debate sobre o papel das mulheres e dos homens na sociedade e para a desconstrução dos estereótipos de género, nomeadamente os que são veiculados através das mensagens jornalísticas e publicitárias.
Mais info:
www.facebook.com/estoriasdigualdade
www.e-storiasdigualdade.com

Curso Livre: 
Poesia Russa do séc. XX
Quarta feira, 2 de Maio, 21h30Sessão #5: 
Marina Tsvetaeva
Flyer

 
Homenagem ao Malandro
Sábado, 5 de Maio, 17h
Realizado pelos músicos brasileiros Paulo César Anjinho e Lucas S. Mendonça, o espetáculo “Homenagem ao Malandro” é uma releitura da musica brasileira que transita entre os vários ritmos tradicionais, como: Samba, Baião, Xote, Afoxé, Frevo e outros.