Coisas da(s) sexualidade(s) IV: Fassbinder + Pornografia & Feminismo + Bergman | 26 a 29 de Janeiro


13 Luas de Fassbinder


Num Ano de 13 Luas

de Reiner Werner Fassbinder
Filme 124 min. | 1978


5ª feira, 26 de Jan, 22h 

Heteressexualidade, transsexualidade e prostituição numa combinação magistral com amores não correspondidos e suicídios. Um olhar duro, crítico sobre o papel da masculinidade hegemónica na opressão sexual.


Pornografia & Feminismo

Debate com Pedro Pinto 
- investigador na área da sexualidade e media -

6ª, 27 de Jan., 22h

‘A pornografia não tem lugar numa sociedade decente’
George W. Bush, 2001

‘A pornografia desumaniza as relações sexuais e destrói a intimidade’
Gail Dines, activista anti-pornografia, 2011

O que é a pornografia? Que histórias conta de si própria? Que saberes incorpora? Que poderes põe em marcha? Que ‘outros’ e ‘outras’ produz? O que dizemos com ela? Que corpos construímos com ela?.... Na próxima sexta, proponho uma visita aos debates contemporâneos sobre pornografia e à continuada convergência entre activismo e ciência psicológica para políticas opressoras de criminalização. Em particular, olharemos para as cumplicidades do feminismo anti-pornografia com a agenda normativa da psiquiatria – inseparável da demonização da pornografia enquanto forma apriorística de violência contra mulheres e crianças. Este contexto servir-nos-á para reflectir sobre como a censura pornográfica tende a funcionar, não como estratégia disruptiva da violência sexual e de género, mas antes como instrumento de regulação dos corpos e das subjectividades.

Monica de Bergman


Mónica e o Desejo

de Ingmar Bergman
Filme 92 min. | 1953


Domingo, 29 de Jan., 18h

 
Sinopse: O jovem Henrik apaixona-se perdidamente por Monika. Após Henrik ser despedido do emprego, o casal decide isolar-se de todos, fazendo uma idílica viagem de barco pelas ilhas de Estocolmo durante as férias de verão. Monika engravida e a viagem termina. Será que o amor dos jovens resistirá às dificuldades do cotidiano?

Coisas da(s) sexualidade(s) III + Contos de Russell Edson + JAZZ, esse Gato Vadio! | 19 a 22 de Janeiro


Coisas da(s) sexualidade(s) - Parte III

Quinta | 19 de Janeiro, às 22h
Wilhelm Reich: Os Mistérios do Organismo (1971)
Filme: 85 mins.

 
O filme do polêmico diretor iugoslavo Dusan Makavejev, inspirado na vida e obra do Dr. Wilhelm Reich, é uma fantástica viagem sexual, política e anarquista. São mostradas as teorias do Dr. Reich em relação ao que ele chamava de energia vital, ou Teoria do Orgone, focando o orgasmo como a maior forma de energia humana e necessário para a vida livre e plena. Trata-se de um formato diferente, misturando imagens e gravações reais com ficção, retratando a vida de duas jovens iugoslavas, uma comunista e outra viciada em sexo, que conhecem um importante patinador russo em uma apresentação na cidade de Belgrado. Tudo se mistura, como metáforas da relação entre Rússia e Iugoslávia, bem como analogias ao Stalinismo como uma forma de repressão sexual freudiana.
 
+

Sábado | 21 de Janeiro, às 22h
Debate: Revolução e Contra-Revolução Sexual

 
Procurar-se-á referenciar alguns dos factores mais relevantes que estiveram na origem do movimento de libertação sexual ao longo de várias décadas, contestando a ordem sexual imposta, e que vieram a desencadear a chamada revolução sexual dos anos 60. Os registos estatísticos e as observações realizadas revelam uma evolução muito acentuada dos costumes e dos comportamentos e práticas sexuais nas sociedades capitalistas. A esta evolução não é alheia a luta de classes e o descrédito dos tabus morais cristãos face aos avanços técnicos e científicos. Apesar da sua força, o movimento de libertação sexual foi, no entanto, pervertido  pelo espectáculo e mercantilismo da indústria do sexo, e ,finalmente, pela contra-revolução da SIDA e do consumismo narcisista. 

Sábado | 21 de Jan. às 17h
Contos de Russell Edson

Leituras por Jorge Palinhos e Rui Manuel Amaral


Ver vídeo...

Domingo | 22 de Jan. às 18h30
Jazz, esse gato vadio!

Mikowsky + Javier Canepa (Argentina)


Descarregar programação de Jazz completa.
Gato Vadio Livraria-Bar | Rua do Rosário, 281 - Porto

Para quem queira não-só-mas-também vadiar por outras paragens, deixamos abaixo a programação paralela à(s) Coisa(s) da(s) Sexualidade(s) no Espaço Compasso (R. da Torrinha, 111) e o tributo à Luta dos Trabalhadores no 18 de Janeiro de 1934 - última grande greve geral contra o fascismo que se instalava - organizado pelo SOV-AIT-SP, Espaço Musas e Terra Viva!AES.
Programação paralela no Espaço Compasso: Sexo às Quartas
18 de Janeiro de 1934 /
18 de Janeiro de 2012   

ASSINALAR A MEMÓRIA HISTÓRICA...TIRAR LIÇÕES para A ACTUALIDADE 

4ª feira | 18 de janeiro às 00:00 h
Colagem de cartazes alusivos ao “18  de Janeiro” nas ruas da baixa do Porto

4ª feira | 18 de janeiro das 16h às 20h
SOV- Porto (R.Caldeireiros, 213 s.B)
Pequena exposição bibliográfica sobre o 18 de Janeiro e distribuição de textos

4ª feira | 18 de janeiro às 21h
No ESPAÇO MUSAS (R. Bonjardim, 998)
Debate para recordar a luta dos trabalhadores no 18/01/1934 e refletir sobre diferenças e semelhanças com a situação de hoje. O Musas serve uma sopa, tu contribuis com o que quiseres.

Sábado | 21 de Janeiro às 20:30 h
Na Terra Viva!AES (R. Caldeireiros, 213, s.A)
“CONCERTAÇÃO SOCIAL” E CONTENÇÃO SOCIAL - Semelhanças e diferenças entre leis anti-trabalhadores do tempo do fascismo e leis laborais que o governo actual e o patronato  preparam...

Domingo | 22 de Janeiro às 10:30 h
Encontro: Junto ao chafariz da Cordoaria
TRILHA DA MEMÓRIA LIBERTÁRIA DO PORTO” - percurso pedestre de cerca de 4 Km.s através da história do Movimento Operário e libertário, na zona histórica e baixa do Porto.

Coisas da(s) sexualidade(s) II + «A economia, o 3º Setor e a Moeda» | 12 a 15 de Janeiro


Sexta à noite, 13 de Janeiro, às 22h 

Palestra de Hugo Cunha sobre «A economia, o Terceiro Setor e a Moeda» e projecção de filmes.  

Discutir-se-á o que é a economia, o que é o terceiro setor, o papel do terceiro setor numa economia, o que é a moeda e as suas funções económicas. 

E entretanto continuam @(s) Coisa(s) da Sexualidade(s)...

Fucking Amal – Amigas de Colégio

Fucking Amal
Amigas de Colégio (1998)
5ª feira, 12 de Jan, 22h 

Sinopse: Um filme sobre a “saída do armário” de uma jovem adolescente. O filme conta a história de uma adolescente, Agnes, que se mudou com a família para uma pequena cidade sueca chamada Amal, o lugar mais chato da terra, segundo ela mesma. Agnes não consegue fazer amigos no colégio e sua companheira na sala é uma garota que vive em uma cadeira de rodas. Para complicar ainda mais as coisas, ela está apaixonada por Elin, uma garota do colégio, porém o único a saber desta paixão é seu computador, onde ela faz todas as suas anotações. Vencedor do Prêmio de Melhor Filme Gay/Lésbico no Festival de Berlim 1999.

Be pink and become a princess

Be pink and become a princess
Opressão e heteronormatividade em revistas de Adolescentes
Sara Magalhães (investigadora na área da sexualidade e media)
Sáb, 14 de Jan., 22h

Desde a infância somos imersos num sistema dicotómico que opõe o feminino ao masculino e que naturaliza e normaliza a heterossexualidade. Um dos principais veículos de reificação destes processos e assimetrias de poder são os media. No caso das raparigas adolescentes, as revistas constituem-se como guias orientadores indispensáveis. A proposta é monotonamente a mesma: be pink and become a princess!

Tudo o que sempre quis saber sobre sexo

Tudo o que sempre quis saber sobre sexo
Woody Allen
Domingo, 15 de Jan., 22h

 
Sinopse: Tudo o que Você Sempre Quis Saber Sobre Sexo Mas Tinha Medo de Perguntar (Every Thing You Always Wanted to Know About Sex * But Were Afraid to Ask) - 1972. Dirigido e escrito por Woody Allen, inspirado pelo livro homônimo de David Reuben
Sexo às Quartas

Programação paralela no Espaço Compasso:
Leitura de Poesia Erótica-Porno 
Sexo às Quartas | 4ª, 11 de Jan., 21h30 

Espaço Compasso | Rua da Torrinha, 111, 4050 Porto

Coisas da(s) sexualidade(s) + Jazz Vadio | 5 a 8 de Janeiro


Coisas da(s)
sexualidade(s)
- parte 1

Quinta | 5 de Janeiro, às 22h
Filme - Relatório Kinsey (2004)
118min.

Alfred Kinsey, questionou os valores opressivos da sexualidade do seu tempo, destruiu mitos sobre a masturbação e outras formas de prazer, definiu a orientação sexual como um contínuo entre completamente heterossexual até completamente homossexual. Publicou em 1948 uma obra sobre o comportamento sexual masculino e em 1953 sobre o comportamento sexual feminino. Foi o estudo com maior número de pessoas entrevistadas até hoje. Morreu em 1956, antes da chamada “revolução sexual”.  O filme que apresentamos esta quinta-feira retrata a sua vida.
+

Sábado | 7 de Janeiro, às 22h
Debate - Os perigos da Heternormatividade
com Nuno Carneiro, investigador em Ciências Sociais, activista LGBT, Psicoterapeuta



A heteronormatividade impõe-se, assimila-se, entranha-se - como prática discursiva, institucional, reguladora do corpo social, fazendo crer em linhas estruturadas e rectas de viver a sexualidade, uma só, maior e melhor que quaisquer (possíveis) outras, para que não ameacem deixar de ser outras e para que nos encerremos, sem excepção, em espaços sufocantes de nós e de relação. Eis os seus perigos. E eis, talvez, uma possibilidade outra de nos encontrarmos - a de ao menos perguntarmos "e se não tiver que ser assim?". 

Domingo, 8 de Jan. às 18h30
Jazz, esse gato vadio!


Magnífico concerto de Jazz com "BELA DAMIÃO".
Okupa 2012
Programação completa
do ciclo "Jazz, esse gato vadio!"