(8,9 e 10 de Junho) Sinais de Vida (Lebenszeichen) 1968 W. Herzog + Z 1969 Costa-Gavras+SOUZZAfONE BLUES


Sábado, 09 de Junho às 22h00

"Sinais de vida" Werner Herzog (1968)




Durante a Segunda Guerra, três soldados alemães são retirados de combate quando um deles, Stroszek, é ferido. São enviados para uma pequena comunidade costeira na ilha grega de Kos enquanto Stroszek recupera. Os homens vão enlouquecendo na sua nova e rotineira missão. Stroszek acaba por endoidecer.
Primeira longa-metragem de Herzog, é um marco do Cinema Novo alemão, realizado a partir dos pressupostos do Manifesto de Oberhausen.
O tema fundamental de praticamente todos os filmes de Herzog aparece de forma clara aqui: incapazes de compreender ou de suportar os padrões sociais e os códigos de convivência, os personagens herzogianos engrandecem-se na luta contra estes limites impostos e os limites naturais, atingindo assim algo indefinido entre a transcendência, a genialidade e a loucura. Loucura apenas para a nossa visão reconciliada com o mundo.


Sábado, 09 de Junho às 22h00

"Z"Costa-Gavras (1969)


 



O filme se inicia com a advertência nos créditos iniciais de Costa-Gavras e Jorge Semprún  que qualquer semelhança com eventos e pessoas da vida real não é coincidência - é intencional.
 Suspense político, trata de fatos reais ocorridos em 1963 na Grecia. Em cenário político tenso, professor de medicina e deputado grego, um dos líderes da oposição esquerdista, organiza juntamente com correligionários Shoula, Matt e Manuel e o deputado George Pirou, uma reunião pela paz e contra a permissão de instalação de misseis balísticos americanos em território grego. Com dificuldades, a reunião é realizada mas ao concluir sua fala, o deputado é atropelado e acaba morrendo dias depois. A polícia conclui que foi um acidente mas há indícios que levam o juiz de instrução a suspeitar da versão da polícia e aprofunda a investigação. Com ajuda indireta de um fotojornalista, e testemunhas como Nick, ele consegue revelar uma trama de membros do governo grego, como o general de polícia, o coronel da polícia, outros militares e Yago e Vago, os autores do crime. São todos indiciados mas as testemunhas morrem em circunstâncias estranhas e os envolvidos são condenados a penas leves. Pouco tempo depois os militares lançam um golpe militarr. O novo regime persegue os aliados do deputado morto, o fotojornalista e o juiz de instrução. Proíbem comportamentos e assuntos como a matemática moderna, liberdade de expressão, e a letra Z, em grego antigo significa "ele está vivo"

 

Domingo, 10 de Junho as 18h30

SOUZZAfONE BLUES 
 " Blues! But not that kind of blues" 

 


 


 

Sem comentários:

Enviar um comentário