Poesia Russa (Anna Akhmatova): Qua.21 / Concerto "Nomad Birds"&"Ilusionismo e Clown": Sex. 23


21 de Março, quarta-feira

21h30 | Ciclo de Poesia Russa - Parte III
Anna Akhmatova



Anna Akhmatova (Odessa, 23 de Junho de 1889 — San Peresburgo, 5 de Março de 1966) )- uma das mais importantes poetas acmeístas russas.
Bebo ao lar em pedaços,
À minha vida feroz,
À solidão dos abraços
E a ti, num brinde, ergo a voz…
...A obra de Akhmatova compõem-se tanto de pequenos poemas líricos como de grandes poemas, como o Requiem, um grande poema acerca do terror estalinista. Os temas recorrentes são o passar do tempo, as recordações, o destino da mulher criadora e as dificuldades em viver em escrever à sombra do estalinismo....
Ao lábio que me traiu,
Aos mortos que nada vêem,
Ao mundo, estúpido e vil,
A Deus, por não salvar ninguém
 ... Akhmatova foi forçada ao silêncio, não podendo a sua poesia ser publicada de 1925 a 1952. Excluída da vida pública, vivendo de uma irrisória pensão, Akhmatova começou, após a morte de Estaline, em 1953, a ser reabilitada, tendo-lhe sido autorizada uma viagem a Itália para receber o prémio literário Taormina e a Oxford para receber um título honorário, em 1965...



---
23 de Março, sexta feira

21h30 | Apresentação
Clown e Ilusionismo

22h | Concerto
The Nomad Birds


Sem comentários:

Enviar um comentário