Cine - Buñuel no Gato Vadio

Quinta-feira, 5 de Fevereiro

Curta-metragem + Documentário

21h30

Gato Vadio



Un Chien Andalou,

Luís Buñuel, 1929

Curta-metragem, P/B. 16 m.

Luis Buñuel estreou-se como realizador (e actor) com esta experimental curta-metragem, escrita em parceria com Salvador Dali, que constituiu um marco do surrealismo no cinema. À luz da psicanálise, Buñuel e Dali exploram o inconsciente humano, numa sequência de cenas oníricas, incluindo o célebre momento em que um homem corta, com uma navalha, o olho de uma mulher.





Las Hurdes, Terra sem Pão

Luís Buñuel, 1933

Documentário. P/B, Duração: 30 minutos.

Após a proclamação da República em Espanha, Buñuel regressou de Paris e realizou, em 1933, o documentário, Las Hurdes, tierra sin pan, De modo cru, descreve a vida miserável e os costumes ancestrais de uma aldeia espanhola da Extremadura em estado quase selvagem. As imagens e os factos descritos são extraordinários e irreais, acabando por conferir ao filme um cunho verdadeiramente surrealista. O documentário desagradou de tal forma o governo republicano que foi proibido por veicular uma imagem medieval da Espanha.

O realizador espanhol explica na sua autobiografia que em vez de sentir comiseração e pena pelos indigentes e excluídos da sociedade, manifestava profundo sentimento de respeito e de dignidade para com os mais necessitados.

As Hurdes situam-se numa região montanhosa e inóspita na Extremadura espanhola junto à raia portuguesa.





Sem comentários:

Enviar um comentário