vozes, gritos, palavra.

«Um dos mitos actuais sugere que a riqueza provém dos banqueiros e dos capitalistas individuais. Este conceito manifesta-se nas inúmeras instituições de caridade, que devem pedir esmolas para os pobres, incapacitados, desprotegidos, e jovens e velhos em geral. Estas instituições de caridade constituem uma reminiscência dos velhos tempos dos piratas, quando se acreditava que nunca haveria que chegasse para todos. Aconselhados pelos banqueiros, os nossos políticos dizem-nos que não nos podemos permitir simultaneamente a guerra e o estado social. Devido ao mítico conceito segundo qual a riqueza desembolsada provém de fontes privadas, magicamente secretas, nenhum indivíduo livre e saudável deseja aceitar "essa esmola" de outro homem, seja ele quem for, assim como nenhum indivíduo deseja encontrar-se no publicamente degradante "desemprego".»

Buckminster Fuller, in Manual de Instruções para a Nave Espacial Terra, Via Óptima, 1998

Sem comentários:

Enviar um comentário